Capacidade produtiva da indústria deve crescer em 2020


Segundo a Mitsubishi Electric, o cenário de retomada da indústria deve favorecer condições para a aquisição de novas máquinas em diferentes segmentos

Depois de um 2019 com sinais de retomada, a indústria trata o ano de 2020 com otimismo. De acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a Utilização da Capacidade Instalada (UCI) ficou em 78,2% no mês de novembro de 2019. Para a Mitsubishi Electric, uma das maiores empresas de automação industrial do mundo, a tendência é que este indicador continue subindo em 2020.

Outro indicador que reforça a tendência positiva é o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), que em janeiro de 2020 atingiu 65,3 pontos, índice mais elevado desde junho de 2010 e 10,5 pontos acima de sua média histórica. Para a companhia, os índices apontam para um crescimento consistente da demanda interna e externa, com aumento nas compras de insumos e de mais contratações de profissionais.

Para Denis Carvalho, gerente geral da divisão de CNC da Mitsubishi Electric do Brasil, os dados divulgados recentemente favorecem diferentes setores. “A partir desses indicadores, levantados por instituições especializadas no contexto econômico nacional, temos mais confiança em afirmar que o segmento industrial será reaquecido, demandando a aquisição de novas máquinas e a manutenção de equipamentos, o que também deverá impulsionar as áreas de serviço e reparo”, afirma o especialista.

Ainda segundo Denis, os bons indicadores também incentivam o aumento de investimento no setor. “A intenção do empresário em investir segue crescendo a partir de dados mais otimistas, e a indústria é um pilar importante nesse cenário, completa o executivo.

Enviar um comentário

0 Comentários