Gui Cicarelli retrata bluesman clássico em novo single

Foto - Vanessa Kseib

“Bicho Solto” revive a liberdade e a aventura do principal símbolo do blues rock

Desprendido, romântico, armado apenas de seu violão e suas canções. O bluesman pode ser um homem livre contra o mundo que segue uma trajetória na estrada, vivendo de sua sagacidade e de sua música.

O imaginário social do bluesman aventureiro serviu de inspiração para o novo single de Gui Cicarelli, Bicho Solto, lançado com clipe produzido por Felipe Scappatura. “Se sou mais da estrada, foi a vida que me fez assim. Só eu e o vento e o sol a brilhar. Sou alma perdida, ninguém sabe onde quero chegar.”, diz o trecho da canção.

Com melodia e harmonia de Gui e Rodrigo Basso, a música foi composta em parceria com o cantor e compositor baiano Péri, se tornando o segundo trabalho autoral de Gui na carreira.

“Eu quis mesclar a essência do gênero, mas com uma letra mais profunda em uma melodia blues soul. Esse bicho solto da letra representa a liberdade de estar com o pé na estrada, seguindo sua trajetória pelo mundo”, conta Gui.

A parceria com Péri vem desde a infância de Gui até hoje, sempre com muitas trocas de experiências musicais e composições. Com origens musicais na MPB, Péri contribuiu para trazer a profundidade das letras do seu gênero para "Bicho Solto", criando uma canção ainda mais intensa.

A história de Gui Cicarelli com o blues começou aos 10 anos de idade, quando seu pai apresentou um show histórico do músico Stevie Ray no Texas em 1983, em que tocou o solo com a guitarra às suas costas. Filho de um grande amante da música, Gui já compunha riffs na época, tendo como inspiração o jeito agressivo e sensível da lenda das guitarras.

Gui cresceu ouvindo o estilo único de Stevie, que foi a sua maior inspiração para se tornar guitarrista. “Stevie Ray é o feeling em pessoa, incomparável, um cara que criou o seu próprio jeito de tocar. Quando ele toca, é quase como se estivesse transcendendo”, conta.

A sua paixão por Stevie Ray foi o impulso para a criação do seu show de tributo em homenagem ao seu ídolo, pontapé inicial na sua carreira profissional na música, tocando em lugares como Bourbon Street e Blue Note.

Atualmente, Gui é parte fundamental da nova geração de músicos nacionais que se empenha em recuperar o blues rock na sua gênese mais pura, unindo o novo movimento com o clássico do gênero.

O artista já tocou com nomes importantes da cena do blues e jazz, como Roy Rogers, rei do slide guitar, a lenda viva Lucky Peterson e Terrie Odabi, hoje um dos mais respeitados talentos do gênero, além de artistas brasileiros como André Frateschi (Legião Urbana) e Tatiana Pará.

Representando a nova geração do blues, o artista tem como objetivo modernizar o gênero em sua carreira autoral, explorando a sua essência com muita guitarra e elementos atuais. Gouts Dripping, primeiro single, ganhou clipe que mostra a divertida transformação de um homem comum que se torna um rockstar do dia para a noite.

Gui Cicarelli fará show de lançamento do single 'Bicho do Mato" no Bourbon Street dia 04 de março, às 22h. No show, o artista também apresentará clássicos de grandes nomes do blues e rock como B.B. King, Jimi Hendrix, SRV, Scott Henderson, Buddy Guy, John Mayer, Johnny Lang entre outros.

Confira o clipe de “Bicho Solto”:


Serviço
Show de Gui Cicarelli
Data - 04 de março - quarta-feira
Local - Bourbon Street
Endereço - Rua dos Chanés, 127 - Moema - São Paulo
Capacidade - 580 pessoas
Horário - abertura da casa às 21h e início às 22h
Duração - 70 min.
Couvert Artístico - R$ 50,00
Vendas - aqui
Bilheteria Bourbon Street - Rua dos Chanés 194 de segunda a sexta das 10h às 20h, sábado e feriado das 14h às 20h - sem taxa de conveniência
Aceita todos os cartões de débito e crédito
Classificação indicativa - 18 anos e 16 anos acompanhado de responsável
Estacionamento/ Valet - R$ 30,00
Informações e reservas 11 5095-6100 de segunda a sexta das 10h às 18h ou clique aqui

Publicar um comentário

0 Comentários