Lorenzetti se torna Marca de Alto Renome certificada pelo INPI

Antiga fábrica da empresa no baisso da Mooca. Foto - Divulgação
A marca, reconhecida por 75% da população brasileira, está protegida em todas as áreas de atuação do mercado nacional

Com uma história que se destaca pelo pioneirismo e inovação, a Lorenzetti comemora 96 anos de mercado e o reconhecimento como Marca de Renome pelo INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). Líder em duchas, chuveiros, torneiras elétricas e aquecedores de água a gás, com mais de 16 anos no segmento de metais sanitários, a Lorenzetti é conhecida por 75% da população brasileira, de acordo com o Instituto Datafolha (abril/2018).

Além do reconhecimento por dois terços dos brasileiros, ou seja, aproximadamente 119 milhões de pessoas, a pesquisa do Instituto Datafolha aponta que a imagem da Lorenzetti é altamente positiva, destacando-se nos atributos vinculados à notoriedade da marca, como confiança, qualidade dos produtos, prestígio, recomendação a outra pessoas, tradição e modernidade. Em todos os pontos mencionados, a marca apresentou elevada taxa de concordância, superior a 94%.

A empresa hoje. Foto - Divulgação
O INPI reconhece como marcas de alto renome aquelas que são altamente conhecidas pelo público em geral, com reputação positiva, que passam a ser protegidas em relação a sua propriedade intelectual em todos os ramos de atividades no país. No Brasil, apenas 104 marcas são reconhecidas desta forma, protegidas pelo artigo 125 da Lei 9.279/96, a Lei de Propriedade Intelectual.

“Mais do que o conhecimento de marca, a Lorenzetti possui atributos de notoriedade reconhecidos pela população, como confiança, prestígio e produtos de qualidade. A conquista do alto renome demonstra a força da marca Lorenzetti em todo o Brasil”, ressalta Paulo Galina, gerente de marketing da Lorenzetti.

Fundada em 1923, no bairro da Mooca, a Lorenzetti nasceu com o propósito de atender às necessidades das pessoas. Seus 96 anos de história foram marcados por transformações e inovações, a partir do trabalho realizado por seus mais de 4.600 funcionários, distribuídos em cinco unidades: quatro fábricas em São Paulo e uma em Minas Gerais.

Publicar um comentário

0 Comentários