Aplicativo de compra e venda online registra aumento de 20% em novos anúncios


Organizar a casa e separar itens que não usa mais, é dica para aproveitar o tempo na quarentena

O aumento das vendas online nesse período de isolamento social, recomendado pelas autoridades de saúde mundiais, é uma realidade que deve mudar o comportamento de muitos consumidores. O Popsy, aplicativo de compra e venda de usados, é um exemplo desse novo momento. Nos últimos 30 dias, registrou um aumento de 20% de acessos no mês de março, comparado ao mesmo período do ano passado.

Pessoas que nunca fazem compra pela internet, agora estão se rendendo a essa nova experiência. Os próprios comerciantes, obrigados a manter as lojas fechadas, estão recorrendo ao online para recuperar as vendas perdidas.

"Percebemos um crescimento maior justamente por pessoas que estão anunciando mais seus produtos, principalmente microempreendedores e até mesmo pessoas que estão passando mais tempo em casa e querem aproveitar para fazer uma renda extra vendendo roupas e objetos que não usam mais", afirma Jean Marie Truelle, fundador do aplicativo.

Realmente a arrumação de casa e organização de armários e gavetas tem sido o passatempo de muitas pessoas nesse período de quarentena. "O hábito de dar nova utilidade a peças que não usamos mais é, inclusive, uma atitude sustentável que deve ser cada vez mais incentivada", acrescenta Truelle.

O aplicativo anuncia que acaba de fechar parceria com a Loggi para serviço de entrega, o que garante ainda mais praticidade e segurança tanto para vendedores quanto compradores. O projeto está em fase inicial, em São Paulo, mas em breve será ampliado para mais de 20 cidades brasileiras.

Publicar um comentário

0 Comentários