Forças Armadas apoiam ajuda humanitária na Baixada Santista, em conjunto com Governo de SP

Foto - Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

Os militares terão como missão a separação, organização em kits e a distribuição da ajuda humanitária

As Forças Armadas enviaram no sábado, 07 de março, 40 militares, sendo 30 do Exército e 10 da Aeronáutica, para reforçar o trabalho triagem de donativos e assistência, em conjunto com as defesas civis municipais e a Defesa Civil Estadual, aos atingidos pelas chuvas extremas de terça-feira, dia 03 na região da Baixada Santista.

Eles estão ajudando na separação, organização em kits e a distribuição da ajuda humanitária, além da organização do voluntariado, reforço na segurança e intermediação de conflitos. O trabalho começou no sábado no Guarujá e segue pela região por tempo indeterminado.

Atualmente, mais de 1 mil profissionais das forças de segurança de São Paulo estão atuando nas três cidades da Baixada Santista mais afetadas pelas chuvas extremas desta semana. As equipes estaduais atuam na busca por desaparecidos, atendimento a desabrigados e isolamento de áreas de risco.

Foram disponibilizadas pelo Governo do Estado 30,5 toneladas de materiais de ajuda humanitária aos municípios afetados, sendo: 15,6 toneladas (colchões, cobertores, cestas básicas, roupas, água sanitária, kits de limpeza, kits de higiene e água potável) para o depósito do Fundo Social de Santos de onde serão distribuídos, mediante solicitação, às defesas civis municipais; 11 toneladas (colchões, kits higiene, vestuário e limpeza, cestas básicas, água potável e fita de isolamento) a Guarujá; 2,9 toneladas (colchões, cestas básicas, kits de higiene, limpeza e vestuário) a Peruíbe; 1 tonelada (colchões) a Santos.

Além disso, foram adquiridos equipamentos de proteção individual (luvas de raspa e capacetes) e baldes, os quais foram destinados ao mutirão de voluntários que estão atuando em apoio às equipes de salvamento nos cenários de ocorrência de Guarujá.

Publicar um comentário

0 Comentários