Governo de SP envia 4,6 toneladas de ajuda humanitária a desabrigados da Baixada Santista


Defesa Civil do Estado e Fundo Social de SP coordenam remessa para vítimas em Guarujá, Santos e São Vicente

O Governo de São Paulo já iniciou o envio de ajuda humanitária para apoio e atendimento a centenas de desabrigados e desalojados devido a chuvas intensas na Baixada Santista. A Defesa Civil do Estado e o Fundo Social de São Paulo coordenam a remessa de 4,6 toneladas de materiais para vítimas nas cidades de Guarujá, Santos e São Vicente.

O número exato de desabrigados nas três cidades ainda está sendo contabilizado pelas equipes de resgate. Somente em Guarujá, o número de pessoas obrigadas a sair de casa após inundações e deslizamentos de terra girava em torno de 200.

O trabalho de atendimento é feito com apoio das prefeituras e entidades assistenciais. O Governo do Estado está providenciando a remessa de colchões, cobertores, cestas básicas, água sanitária e água potável aos municípios afetados.

O Governador João Doria pediu que a população seja solidária e providencie doações para ajudar as vítimas das chuvas no litoral. “Quero fazer um apelo para aqueles que puderem e quiserem se solidarizar, podem fazer doação de água mineral, colchões novos e itens de higiene pessoal. Podem entregar por meio do Fundo Social ou da Defesa Civil de Santos, do Guarujá e São Vicente. Toda ajuda é bem-vinda”, disse Doria.

O Fundo Social de São Paulo informou que os municípios da Baixada Santista estão sendo atendidos com produtos e mantimentos. Já foram entregues 200 galões de água mineral, 190 garrafas de suco, 700 mantas e cobertores e 55 caixas de roupas.

Na capital, as doações podem ser entregues no depósito do Fundo Social de São Paulo, na avenida Marechal Mário Guedes, 301, no bairro do Jaguaré, de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h. Já nos municípios afetados, os pontos de arrecadação são definidos e informados pelas prefeituras.

Publicar um comentário

0 Comentários