Semana do Consumidor tem mais de R$ 81 milhões em fraudes evitadas no e-commerce


Games, celulares e bebidas foram as categorias mais visadas pelos fraudadores

O Dia do Consumidor, 15 de março, que passou nos últimos anos a ser uma data utilizada pelo varejo para estimular as vendas, e com promoções durante toda a semana que antecede o dia, teve R$ 81,2 milhões em fraudes evitadas nas compras realizadas on-line.

Os dados são da ClearSale, empresa especializada em soluções antifraude nos mais diversos segmentos. O valor representa 2,67% do total de vendas do setor no período, e fica abaixo da média de semanas comuns, que costumam apresentar 2,87%.

“Para os fraudadores as ofertas não são um diferencial, uma vez que não são eles que pagaram pelo produto. Em campanhas de promoção do varejo, como a Semana do Consumidor, verificamos um aumento dos bons pedidos, uma vez que são os próprios titulares dos cartões que fazem as compras e buscam os melhores preços”, explica Omar Jarouche, diretor de Soluções da ClearSale.

Categorias

Celulares, games e bebidas são tradicionalmente as categorias que mais sofrem tentativas de fraudes. Isso ocorre pela facilidade de revender o produto posteriormente, tanto pela procura, como pelo preço e pela facilidade de transporte.

A compra de games concentrou o maior registro de tentativa de fraude sobre o valor total de vendas da própria categoria, com 10,88%, seguido por celulares, 10,19% e bebidas, com 6,63%. Os produtos mais visados são aqueles com maior facilidade de serem revendidos no mercado paralelo, como os smartphones, categoria que conta com lançamentos constantemente e alta demanda dos consumidores.

Publicar um comentário

0 Comentários