Saiba como prevenir o envelhecimento precoce das mãos

Foto - Divulgação

Juntamente com a face, a região das mãos, geralmente, é uma das primeiras a demonstrar os sinais de envelhecimento da pele. Porém, com alguns cuidados, conseguimos desacelerar esse processo natural e mantê-las com maciez e jovialidade por mais tempo

Por terem uma derme mais fina e, em consequência, uma menor quantidade de fibras de colágeno, as mãos sofrem ainda mais com o envelhecimento natural. Manchas, rugas, flacidez... Tudo isso acontece com a perda de sustentação da pele com o passar dos anos, processo acelerado pela constante exposição ao sol, poluentes e mais uma série de fatores. Entretanto, alguns cuidados podem ser tomados para amenizar ou postergar esses sinais de envelhecimento; a Dra. Paola Pomerantzeff, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) traz algumas dicas:

Ande sempre com um hidratante
Segundo a médica, hidratar as mãos todos os dias é o cuidado mais básico para quem quer ter mãos jovens e bonitas, já que, além da desagradável sensação de aspereza do toque, a desidratação das mãos pode causar fissuras e até descamação na superfície da pele. Por isso, é importante investir em um hidratante especifico para as mãos, e aplicá-lo várias vezes ao dia. “Se possível, opte por um produto à prova d’agua para que o hidratante não saia após a lavagem”, completa.

As mãos também precisam de fotoproteção
Assim como em todo o corpo, devemos aplicar o fotoprotetor nas mãos todos os dias para protegê-las dos raios UV. Isso minimiza a incidência de manchas, queimaduras e sinais prematuros de envelhecimento. “O produto deve ter FPS igual ou maior do que 30 e ser de amplo espectro. Em dias de exposição, reaplique-o a cada duas horas e após molhar as mãos ou transpirar em excesso”, ressalta a Dra. Paola.

Cuidado com a temperatura da água
“Lavamos as mãos diversas vezes todos os dias. Se o processo for realizado com água muito quente, o tecido das mãos pode acabar perdendo sua oleosidade natural, culminando em ressecamento. O ideal, então, é optar pela água fria ou, no máximo, morna.

Use luvas sempre que necessário
“O contato com produtos agressivos como detergentes pode ressecar e danificar a pele das mãos. Então, se você trabalha com produtos químicos ou realiza tarefas domésticas simples, como lavar a louça, por exemplo, opte por usar luvas.”

Utilize um creme com retinol
“Além de hidratar e proteger do sol, considere também usufruir dos benefícios do retinol. O ativo trabalha eficientemente para reduzir a aparência de rugas e linhas finas, além de uniformizar o tom da pele. Aplique-o à noite e utilize o filtro solar de amplo espectro durante o dia, principalmente pois o retinol pode causar sensibilidade da pele à luz solar.”

Procure um dermatologista

O ideal, segundo a médica, é fazer um acompanhamento dermatológico constante. Em caso de ressecamento ou aparecimento de manchas, o profissional saberá receitar itens específicos para a especificidade de cada problema. Em quadros mais extremos, o profissional pode optar por tratamentos médicos feitos no consultório.

“Como opções, temos o preenchimento com ácido hialurônico ou com bioestimuladores de colágeno, que são feitos, geralmente, em mãos emagrecidas nas quais as veias ficam mais aparentes. O resultado é imediato, o procedimento é feito em apenas uma sessão e, na maioria das vezes, dura aproximadamente um ano. Existe também a tecnologia de luz intensa pulsada, que estimula o colágeno do local e trata as manchinhas, na qual são feitas três sessões com intervalos mensais. A outra opção é a aplicação de skinbooster, que consiste em injeções de ácido hialurônico na derme, melhorando a hidratação e o viço, resultando em uma pele de textura mais jovem. São feitas três sessões mensais e o resultado permanece por um ano”, finaliza.

Publicar um comentário

0 Comentários