Supermercados: compras online crescem durante quarentena



Em função da quarentena e das recomendações de isolamento social da população, as vendas online dos supermercados paulistas continuam sendo uma alternativa para os consumidores evitarem a compra presencial.

De acordo com levantamento realizado pela Associação Paulista de Supermercado - APAS, na semana que antecedeu a Páscoa, de 06 a 12 de abril, o crescimento das vendas online foi de 81%. Esse movimento tem se mantido desde a semana anterior, entre 30 de março e 05 de abril, quando as vendas cresceram 74%, comparado à média dos últimos meses. No final de março, de 23 a 29 de março, o movimento online chegou a crescer 107%.

Segundo a APAS, apenas 15% dos supermercados registraram aumento no volume de compras, o que significa que os consumidores não estão fazendo estoque de mercadorias. Outros 37% responderam que os consumidores estão comprando dentro dos padrões e 48% informaram que os clientes estão comprando dentro dos limites das restrições estabelecidas.


A maioria dos supermercados pesquisados pela associação, informou que não precisou suspender temporariamente o funcionamento dos sites. Esse volume foi de 85% dos pesquisados. Também responderam nessa pesquisa que logística e operação continuam sendo os maiores desafios das vendas online, e a maioria, 56%, realocou mão de obra para atender a demanda.


As vendas online ou por telefone representam uma forma da população não sair do isolamento social. Porém, a APAS esclarece que os consumidores precisam se programar para esse tipo de compra e adquirir apenas os produtos necessários, pois não é preciso fazer estoque.

Em nota, a APAS comunica que continua negociando com os fornecedores para manter o abastecimento com preços justos e sugere aos consumidores que realizem compras conscientes e procurem produtos substitutos quando possível.


Publicar um comentário

0 Comentários