Marilan doa mais de 66 toneladas de produtos

Doações em São Paulo. Foto - Túlio Vidal

Empresa reforça seu compromisso com a sociedade em doações que beneficiam famílias em situação de vulnerabilidade em todo o país

Segunda maior fabricante de biscoitos do país e com produtos que chegam a mais de 70% dos lares brasileiros, a Marilan, desde o início de abril, quando foram intensificadas as medidas sanitárias de combate ao novo coronavírus, já realizou a doação de mais de 66 toneladas de produtos em vários estados do Brasil, com objetivo de garantir alimentos para o bem-estar de milhares de famílias brasileiras que foram afetadas pela Covid-19.

“Esta é a hora de unir forças e pensar no que podemos fazer para melhorar a vida daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade”, afirma Sérgio Tavares, presidente da Marilan. “Desde o início da pandemia, seguimos nossas operações baseada em dois preceitos: proteger a saúde dos nossos colaboradores, implementando iniciativas para garantir a segurança de todos; e reforçar ainda mais nossas ações de responsabilidade social, pois sabemos que temos um importante papel a desempenhar”, pontua o executivo.

Marília (SP) - ONG Alimento Sim, Fome Não. Foto - Divulgação

Em São Paulo, a Marilan realizou uma das maiores doações de sua história: foram mais de 30 toneladas de biscoitos encaminhadas para o Governo Estadual, que fará a distribuição para famílias em vulnerabilidade social. Em Marília, mais de 70 instituições foram apoiadas pela empresa, incluindo a ONG Alimento Sim, Fome Não e o projeto social Horta Comunitária Vinha do Senhor, que atendem comunidades carentes da região. Ainda na cidade do interior paulista, a empresa enviou produtos ao Hospital Universitário da Unimar e ao Fundo Social de Solidariedade do Município.

Já em Pernambuco, as doações foram feitas por meio do projeto Saladorama, responsável por arrecadar insumos para distribuição de cestas básicas que beneficiaram mais de 1.600 famílias de comunidades do complexo Casa Amarela - Nova Descoberta, Macaxeira, Vasco da Gama, Dois Unidos e Brejo de Beberibe. Em Igarassu, na região metropolitana de Recife, a Marilan doou mais de três mil caixas de seus produtos. As mais de 17 toneladas de biscoitos farão parte dos kits de alimentação dos alunos da rede municipal de ensino e beneficiarão mais de 14 mil famílias.

Recife (PE) - Projeto Saladorama. Foto - Divulgação

Na Bahia, duas cidades receberam produtos doados pela empresa. Em Salvador, as doações foram feitas por meio da Associação Beneficente Metropolitana (ABM), que atua nas comunidades carentes situadas próximo ao bairro do Imbuí e Boca do Rio. Já em Vitória da Conquista, no interior do estado, os produtos foram entregues à Associação Casa da Vida, que assiste acompanhantes de pacientes internados no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC) provenientes de outras cidades, e para Igreja Batista da Cidade.

Outro estado beneficiado foi o Rio Grande do Sul, que recebeu mais de 300 caixas em quatro regiões: Esteio, Osório, Porto Alegre e Sapucaia do Sul. Dentre as instituições beneficiadas estão a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos (ADRA) e a Casa Lar abrigo Meu Refúgio, que acolhe crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Em Minas Gerais, mais de 220 pessoas dos municípios de Betim e Campanha receberam os produtos da empresa por meio quatro instituições. “Neste estado, contamos com o Albergue Fraterno Bezerra de Menezes, a Associação Restaurante Vidas, o Lar Vicentino e o CRASI (Centro de Recuperação e Assistência Social). “Com essas ações, não temos outro sentimento além de gratidão, e é um orgulho enorme poder ajudar e contar com o apoio dessas instituições que atuam de maneira tão admirável”, comenta Sérgio.

Minas Gerais - CRASI (Centro de Recuperação e Assistência Social). Foto - Divulgação

As doações mais recentes foram para os estados de Goiás e Rio de Janeiro. Os projetos Liga do Bem e Ensinando Abraçar, ambos de Goiânia, foram os parceiros responsáveis pela distribuição de produtos para famílias de regiões carentes. Na cidade do Rio de Janeiro, as doações aconteceram por meio de três instituições: Associação Beneficente AMAR, ACRIVES e Lar Beneficente Arco-Íris.

"Ainda teremos um longo caminho pela frente até que a situação volte ao normal. Continuamos nossas operações e estimulamos todo nosso time para apoiar a comunidade no que estiver ao nosso alcance neste momento", conclui Sérgio Tavares.

Publicar um comentário

0 Comentários