Prodesp cria sistema de acesso para moradores em situação de rua a restaurantes do Bom Prato

Foto - Reprodução/Bom Prato

Projeto é realizado em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Prefeituras de todo o Estado

Em busca de soluções para diminuir os riscos de contágio do novo coronavírus, o Governo de São Paulo criou um projeto para oferecer refeições gratuitamente a pessoas em situação de rua pelos restaurantes do Bom Prato. O sistema desenvolvido pela Prodesp - empresa de Tecnologia do Estado - permite que a Secretaria de Desenvolvimento Social administre de forma inteligente a doação das refeições por período (café da manhã, almoço e jantar) aos cidadãos cadastrados pelos municípios.

O benefício será concedido por meio de um cartão com QR Code, entregue por prefeituras de todo o Estado que possuem restaurantes do Bom Prato. A parceria com os municípios será por meio de um convênio de cooperação válido pelo prazo de 60 dias, até 30 de julho - podendo ser estendido.

De acordo com o presidente da Prodesp, André Arruda, o Governo de São Paulo, em meio à pandemia, não tem medido esforços para manter os serviços públicos em perfeito funcionamento. “Essa é mais uma solução tecnológica que aproxima à população do Estado, evita aglomerações e ainda beneficia aqueles que mais precisam, explica Arruda, destacando o grande ganho: a acessibilidade aos cidadãos”.

Para retirar a refeição, basta apresentar o cartão no Bom Prato e um colaborador do local fará a conferência do QR Code por meio de um dispositivo móvel. A gestão das informações será feita por meio de painéis de gerenciamento de informações com gráficos customizados para registrar o total de refeições oferecidas por dia, por pessoa e por unidade. Nesta primeira etapa, serão confeccionados oito mil cartões.

Desde o início da pandemia, o Governo de São Paulo adota medidas para proteger a população mais fragilizada e em situação de rua. “A gratuidade de uma alimentação de qualidade e balanceada - como a que servimos no Bom Prato, nos permite garantir a segurança alimentar desta população, além de assegurar a melhoria em suas defesas frente a esta pandemia”, destaca Célia Parnes, Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, reforçando que e enquanto a pandemia se mantiver como uma ameaça, vamos continuar na linha de frente - lado a lado com a saúde, com ações efetivas, atuando com responsabilidade para assegurar a proteção social dos mais vulneráveis”.

Bom Prato

A rede de restaurantes populares Bom Prato é gerenciada pela Secretaria de Desenvolvimento Social para oferecer alimentação balanceada e de qualidade, com foco em moradores em situação de rua, pessoas de baixa renda e em condições de vulnerabilidade social. Algumas unidades contam com acesso à internet gratuita e cursos de qualificação. Para mais informações sobre o programa, clique aqui.

Publicar um comentário

0 Comentários