Marcelo Abrantes é o novo CEO do Chama

Marcelo Abrantes, novo CEO do Chama. Foto - Divulgação

Executivo chega para liderar o processo de transformação do marketplace de venda de gás

Em março deste ano, o mercado de botijão de gás do Brasil passou por uma crise de abastecimento que tomou o noticiário em diversas cidades, logo no início da pandemia do Coronavírus. No entanto, os desafios na compra de gás são temas relevantes no dia a dia de milhões de brasileiros.

Item essencial, essa é uma compra normalmente não planejada, de alto custo e urgência. Para driblar os impactos na rotina diária, os consumidores devem pesquisar bastante antes de comprar, o que leva tempo e nem sempre resulta em economia ou em uma entrega mais rápida do botijão de gás.

Foi essa a oportunidade encontrada em 2016 pela startup holandesa Chama, que lançou um marketplace de venda de gás no Brasil, trazendo uma disrupção a um mercado sem muitas inovações. A plataforma conecta revendas credenciadas a milhões de consumidores, que encontram as melhores ofertas de gás disponíveis em suas regiões.

E a partir desse modelo de negócio, já estabelecido no Brasil, o Chama se prepara para uma transformação, visando uma experiência ainda melhor aos seus consumidores. "Em um futuro próximo, os usuários do Chama encontrarão uma melhor seleção das opções, facilitando ainda mais a escolha, com uma experiência de compra e entrega de qualidade superior a qualquer outra vista no mercado", afirma Marcelo Abrantes, novo CEO da empresa.

Para liderar esse movimento, Marcelo traz uma larga experiência à frente de empresas do mercado varejista, tendo ocupado o cargo de CEO no Grupo Makro, além de ter passado por empresas de peso como Via Varejo, Heineken, Novartis e Mars.

Atualmente, o Chama tem mais de 7 milhões de usuários e está disponível nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Pernambuco e Distrito Federal.

Publicar um comentário

0 Comentários