Últimas

6/recent/ticker-posts

Empresa traz para o Brasil película protetora contra o coronavirus

Foto - Divulgação

Produto pode ser aplicado em carros e ambientes corporativos

Higienizar as mãos, as superfícies de contato dos automóveis e também do ambiente corporativo se tornou um mantra desde 2020, com a pandemia do novo coronavírus. Mas esses ambientes menores também se tornaram motivo de preocupação, tanto para quem trabalha com aplicativos de mobilidade urbana, como também para quem divide o escritório com mais pessoas.

Para atender a atual demanda, a rede de franquias, Multifilmes, especializada na aplicação de películas em vidros de automóveis, imóveis e outras superfícies, é a primeira a trazer para o Brasil o Antibacterial TINT, a tecnologia AIS Films (Automotive Immune System), que fornece segurança antibacteriana vitalícia, bem como a prevenção da Covid-19.

A película protetora age de duas maneiras: matando até 99,9% das bactérias que entram em contato direto com a película e também transformando a umidade do oxigênio em ROS (espécies oxidativas reativas). O ROS, então, mata as bactérias no volante, assentos, espelho retrovisor, tapetes e outras superfícies internas, isso dentro do carro.

Porém, a película é indicada para qualquer superfície lisa como maçanetas, mármores, vidros de janela e outras. Tecnologia regulamentada na SGS dos EUA, é exclusiva da empresa no Brasil.

A instalação em automóveis e ambientes corporativos já está disponível em todas as unidades da franquia ao redor do Brasil. “Eu estudo muito e estou sempre antenado, em busca de inovação, para garantir a qualidade da rede. É um orgulho investir nessa tecnologia, ser pioneiro e possibilitar mais essa alternativa de segurança em solo nacional”, enfatiza Junior Ruciretta, fundador e presidente da Multifilmes.

Os filmes são feitos com agentes antimicrobianos em sua superfície, usando partículas metálicas carregadas positivamente para atrair vírus e bactérias. Ao entrar em contato, essas partículas geram oxigênio ativo, que destrói as camadas protetoras de vírus e bactérias, tornando-os vulneráveis e inativos. Isso neutraliza 99,99% do risco de contaminação, tornando a superfície do filme segura ao toque.

Um estudo publicado pelo CDC (Centro dos Estados Unidos para Controle e Prevenção de Doenças) mostrou que a Covid-19 pode viver em algumas superfícies por até 17 dias. Já as bactérias podem se proliferar 154,8384m², a 35ºC, em 24 horas, dentro de um ambiente fechado. Isso é uma grande preocupação, uma vez que após a pandemia tivemos um aumento de uso dos veículos e com o retorno dos escritórios e coworkings, a higiene se tornou um item primordial.

Enviar um comentário

0 Comentários