Últimas

6/recent/ticker-posts

Tomate: chef mostra 5 receitas para aproveitar todo ciclo de amadurecimento

Foto - Divulgação

Você sabia que no dia 1º de fevereiro foi e é comemorado o Dia do Tomate? Frequentemente confundido como integrante do grupo dos legumes, o fruto é um alimento versátil e muito presente em receitas de diversas culturas. O tomate pode ser utilizado na preparação da entrada, acompanhamento ou até mesmo como prato principal.

Lisiane Miura, chef de cozinha e nutricionista do Comitê Umami, explica que o tomate possui propriedades nutricionais importantes para o corpo humano, que auxiliam no controle de peso, oferecem ação anti-inflamatória e contribuem para a hidratação da pele.

“O queridinho da feira também é um excelente aliado na aceitação alimentar. Quando acrescentamos alguns tomates em uma salada de rúcula, por exemplo, o prato fica muito mais receptível e saboroso. Isso acontece porque esse alimento confere o gosto umami, um dos cinco gostos básicos do paladar humano, ao lado do doce, salgado, azedo e amargo”, explica a especialista.

Do verde ao maduro, seu consumo pode ser feito de diferentes formas ao longo de suas fases. E para aproveitar todos os estágios, Lisiane separou algumas opções para saborear o fruto de acordo com o nível de amadurecimento. Confira:

Fase 1 - Tomates Verdes Fritos
Ao contrário do que muitos pensam, o tomate verde é muito útil na elaboração dos pratos. A mistura dos gostos doce, azedo e umami proporciona uma saborosa experiência culinária. “O tomate frito é ideal para aqueles dias corridos ou até mesmo quando a falta de criatividade bate na porta. O resultado é uma parte externa crocante aliada ao interior úmido e delicioso”, ressalta a chef.

Fase 2 - Vinagrete
Quando o tomate amadureceu um pouquinho, Lisiane indica que seja utilizado no preparo de vinagrete. Com (ou sem) pedacinhos de cebola e pimentão, o acompanhamento pode ser uma ótima opção de tempero para diversos alimentos e agradar todos os gostos. “Vai bem com pastel, churrasco e feijoada, além de queijos e a tradicional salada, dando um toque especial. A mistura vinagrete com couve flor, por exemplo, é uma receita coringa e certeira”, comenta Lisiane.

Fase 3 - Guacamole
Muito tradicional na culinária mexicana, o guacamole é uma excelente escolha para petiscar a qualquer hora do dia. “O tomate tem papel importante nessa preparação, é ele quem dá a sabor e o toque de ‘algo a mais’. A misturinha vai muito bem com torradas, pães e os clássicos nachos e tortilhas”.

Fase 4 - Salada ou Lanche
Neste momento, o tomate já está em seu nível mais clássico de uso. Lisiane explica que pode ser utilizado para compor um prato feito, o famoso PF, na hora do almoço ou aquele delicioso hambúrguer em um fim de tarde. “O tomate nesta fase tem opção para todos os gosto e estilos. Ele pode incrementar o misto quente ou o lanche natural, fica muito mais saboroso!”.

Fase 5 - Molho Caseiro
Nessa última fase de amadurecimento, é recomendado utilizar o tomate para fazer molhos caseiros. “Ele pode ser temperado ao gosto do freguês e de acordo com sua necessidade no momento. A versatilidade do molho é que ele pode ser misturado com ingredientes mais calóricos ou mais naturais. Além disso, para quem gosta de praticidade, é possível preparar diversas porções para utilizar quando necessário, basta congelar”, finaliza a chef.

Enviar um comentário

0 Comentários