Últimas

6/recent/ticker-posts

Evento-modelo reúne 16 feiras paulistanas de economia criativa no Memorial da América Latina


Ação "Feira das Feiras Criativas - SP" acontecerá nos dias 21 e 22 de agosto, trata-se de uma iniciativa de um grupo de organizadores de feiras da capital que faz parte do Plano SP para a retomada das atividades com público em segurança com rígidos protocolos que incluem a testagem de todos os presentes

Nos dias 21 e 22 de agosto, será realizada a primeira “Feira das Feiras Criativas - SP”, o segundo evento-modelo do Plano São Paulo do Governo do Estado de São Paulo e apoio da Secretaria de Cultura e Economia do Estado de São Paulo. Um encontro de 16 feiras paulistanas de economia criativa reunindo mais de 100 expositores na área externa e sob a marquise do Memorial da América Latina, outro articulador do evento-modelo de organização colaborativa, responsabilidade compartilhada e rígidos protocolos de segurança com a chancela do Centro de Contingência da Covid-19 em São Paulo. Esta primeira edição marca a retomada de um setor de grande importância e relevância econômica, social e cultural para o Estado de São Paulo e o País.

O evento-modelo é uma parceria com um grupo de organizadores de feiras criativas que se reúne desde que o setor foi paralisado pela pandemia da Covid-19. No início do isolamento social, entenderam a necessidade de uma articulação para proteger interesses dos pequenos empresários que se consolidavam cada vez mais como uma importante engrenagem da economia paulistana e na geração de empregos.

“O grupo de promotores nasceu com representantes de mais de 40 feiras. A todas elas foi aberta a possibilidade de integrarem o evento-modelo que foi criado por meio de uma organização totalmente colaborativa. Destas, 16 sentiram-se confortáveis e acreditaram ser um bom momento para retomar suas atividades e encarar o desafio de se adequar a um novo formato em espaço controlado com rígidos protocolos de saúde”, conta Beto Lago, da comissão de articulação, planejamento e produção desse coletivo.

Acesso controlado, ingressos vendidos com antecedência e testagem

O protocolo da “Feira das Feiras Criativas - SP” elenca uma série de ações e medidas obrigatórias para o público, expositores e staff. Por exemplo, desde diferentes recomendações de uso, substituição e descarte para diferentes tipos de máscaras, até a capacidade reduzida e o acesso controlado de visitantes por meio de ingressos vendidos antecipadamente pela internet pelo preço promocional único de R$ 10,00 e entrada com hora marcada.

O público será limitado, e o protocolo da “Feira das Feiras Criativas - SP” elenca uma série de ações e medidas obrigatórias para o público, expositores e organizadores. Desde diferentes recomendações de uso, substituição e descarte para diferentes tipos de máscaras, até a capacidade reduzida e o acesso controlado de visitantes por meio de ingressos vendidos antecipadamente pela internet (clique aqui).

O ingresso com hora marcada permitirá que o acesso seja realizado em pequenos grupos a cada 15 minutos para evitar aglomeração e o público receberá a recomendação de chegar com antecedência para realizar o teste rápido de antígeno Sars-Cov-2. Os participantes também serão monitorados após o evento a partir dos dados pessoais coletados.

Subsecretaria de Trabalho Artesanal nas Comunidades (SUTACO)

A SUTACO, ligada a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, realiza a Coordenação Estadual do Artesanato Paulista no âmbito do Programa de Artesanato Brasileiro (PAB). Seu trabalho se distribui em auxiliar a inserção dos artesãos paulistas no mercado produtivo, desenvolver políticas públicas de inclusão socioeconômica e trabalhar pelo resgate das formas tradicionais de expressão de São Paulo. A SUTACO preserva e fomenta hoje o "saber fazer" de 98 mil artesãos - sendo um dos maiores programas de artesanato do Brasil.

Para dar visibilidade aos artesãos, mestres e grupos produtivos, que a SUTACO e o Revelando SP - evento realizado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo - se juntam em uma parceria após 25 anos por meio da participação na Feira das Feiras Criativas-SP. O trabalho da SUTACO e do RevelandoSP é unir-se para preservar e difundir o conhecimento e o potencial econômico dessas mãos que esculpem, tecem e formam o Estado, perpetuando tradições e revelando histórias.

2021 foi declarado o Ano Internacional da Economia Criativa pela ONU

Além da retomada do setor e de também marcar o retorno da programação cultural do Memorial da América Latina, Vanêssa Rocha, que também compõe o time de comissão de articulação, planejamento e produção, comenta que este é um ano muito importante para o fortalecimento da economia criativa.

“A 74ª Assembleia Geral das Nações Unidas realizada no início deste ano declarou que 2021 é o Ano Internacional da Economia Criativa para o Desenvolvimento Sustentável. Por isso é tão importante colocar os holofotes sobre esse setor, principalmente as feiras que, antes da pandemia, vinham crescendo rapidamente e ganhando um papel cada vez mais importante na economia do município e no turismo”.

Na cidade, de acordo com uma pesquisa realizada no ano passado pelo Núcleo de Pesquisa e Inteligência de Mercado da São Paulo Turismo (SPTuris) e o Observatório de Turismo e Eventos, 89% do comércio no setor da economia criativa, como moda, artesanato, arte, design e gastronomia, é composto por feiras fixas ou itinerantes. Além disso, 61% desses locais registram um ticket médio que fica entre R$ 51,00 e R$ 250,00, e 56,5% são realizadas em espaços culturais.

Poucos meses após o início da pandemia, em junho de 2020, a FGV publicou o “Relatório Sobre os Impactos Econômicos da Covid-19: Economia Criativa” que, naquela época já apontava que 88,6% do setor registrava queda no faturamento devido ao isolamento social e 66,4% dos empresários se enquadravam em atividades que seriam totalmente interrompidas.

“A ‘Feira das Feiras Criativas - SP’, é uma oportunidade única de participar de um evento teste com um planejamento seguro, responsável e baseado na ciência de retomada das atividades do setor no segundo semestre. Em um único dia e lugar poderão circular por diversas feiras tradicionais na cidade com expositores de moda, arte, design, artesanato e gastronomia”, finaliza Vera Santana, parte a comissão de articulação, planejamento e produção.

Ficha técnica
Feira das Feiras Criativas - SP
Comissão de Articulação, Planejamento e Produção - Beto Lago, Fá Almeida, Vanêssa Rocha Rêgo e Vera Santana
Segurança da Operação e Assessoria Jurídica - advogado Daniel Biral - Diretor da ONG internacional Advogados Sem Fronteiras
Produção - Diorama Produções e Eventos
Produtor Executivo - Flávio Rodriguez
Produtor Técnico - Jefferson Teixeira
Produtores - Ana Paula Figueira, Davi Valverde, Eunice Oliveira, Gustavo Viana e Paula Praia
Engenheiro Responsável - Luiz Marinheiro
Elétrica - Marcos Rabelo dos Santos
Responsável Técnica - Fabiana Borrego | Nutricionista da ChefNutri
Designer - José Luiz Peixoto
Mídias Digitais - Kaio Tibes
Site - Ednilson Santos Monteiro

Feiras participantes
BaFu
Festival Pinheiros
Comida de Herança
Criativamente
Fair & Sale
Feira das Ideias
Feira do Bem
Feira Sabor Nacional
Feira SAL
Feirinha da Ida
Feirinha Queer
Garimpagi
Mercado das Madalenas
Mercado Mundo Criativo
Old Roger
Rango

Serviço
Feira das Feiras Criativas - SP
Data - 21 e 22 de agosto de 2021 - sábado e domingo
Horário - das 11h às 19h
Local - Memorial da América Latina
Endereço - Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda - São Paulo
Ingressos com antecedência e hora marcada serão vendidos pelo Sympla (clique aqui)
Valor promocional único - R$ 10,00
Mais informações Instagram aqui

Enviar um comentário

0 Comentários