Últimas

6/recent/ticker-posts

Pra Iluminar - o cantor e compositor Ize Novaes lança seu primeiro disco


Nascido numa família extremamente musical, o cantor e compositor Ize Novaes lança seu primeiro disco, 'Pra Iluminar', aos 60 anos. Filho de Margarida Piedade Novaes, rainha do IV centenário da rádio nacional de São Paulo, irmão do compositor Juca Novaes e da cantora Maida Novaes, dos Trovadores Urbanos, Ize sempre teve uma ligação profunda com a música, que começou dentro de casa, com os familiares.

Na década de 80, juntos de seus irmãos, formou a banda 'Fruto Primeiro', onde era um dos principais compositores e intérpretes do grupo. A banda fez shows importantes pelo estado de São Paulo e participou do lendário festival de Águas Claras. As canções que davam base pro repertório da banda, foram se perpetuando ao longo do tempo nas reuniões familiares e nas novas gerações da família Novaes.

O músico compôs o hino do fundo de solidariedade de São Paulo em 2001, e foi gravado por Cristina Saraiva, Lucila Novaes e Juca Novaes. Em 1995 criou o MadreDeus, grupo de música que revolucionou a indústria da música para casamento com a implementação de aparelhagem de som nas cerimônias, composições menores e instrumentos que não se usavam como o violão. O grupo encerrou as atividades em meados de 2012.

O sonho de gravar um disco autoral era grande desde a juventude, mas os caminhos da vida não o permitiram tão cedo. Como nunca é tarde pra recomeçar (ou começar), Ize traz no disco histórias de uma vida inteira, temas urgentes e necessários, que fazem ainda mais sentido nos dias de hoje. Um disco de amor, família, natureza e esperança. Produzido por seu filho, o compositor Paulo Novaes, 'Pra Iluminar' conta com a participação de Pedro Altério, no baixo, e Gabriel Altério na bateria, além de Azeitona nos sopros e Serguei Eleazar nos violinos.

A faixa-título 'Pra Iluminar', parceria com o antigo parceiro Cláudio Guerra, traz uma mensagem de esperança e otimismo, abrindo os caminhos para a sequência do disco. Em 'Passaredo', o compositor fala sobre a preservação da natureza por meio da figura dos passarinhos, acompanhado de seu filho Paulo Novaes, no violão, e Gabriel Altério nas percussões.

Em 'Menina' e 'Cristal', Ize Novaes conta a história de amor que construiu por mais de 40 anos com sua companheira Angela Novaes, com quem teve 3 filhos e 2 netos. Na faixa 'Ana Julia', uma homenagem à sua filha mais velha, a melodia marcante serviu de base para o hino do fundo de solidariedade de São Paulo.

Na parceria com Edu Santana, 'Jóia Rara', a canção romântica conta uma história de amor que aconteceu na hora errada é a sexta música na ordem do álbum. A canção seguinte, 'Largo dos Amores', em parceria com seu irmão Juca Novaes, conta a história da família Piedade Novaes, eternizando o encontro de Dona Margarida com Doutor Paulinho.

Em 'Margaridas', única música instrumental do disco, ele homenageia a sua mãe, Dona Margarida Piedade Novaes e sua irmã, Maida Novaes, mas que também leva o nome da mãe, numa melodia profunda, interpretada pelo violinista Serguei Eleazar.

Em mais uma ode à preservação da natureza, Ize Novaes trás o balanço das águas dos rios em 'Rota Final', contando a trajetória do rio ao mar. Fechando o disco, em 'Trilhos e Saudades', o compositor canta a história do trem, meio de transporte que foi engolido pelo investimento pesado em rodovias no país. Para ouvir e baixar Pra Iluminar, clique aqui.

Enviar um comentário

0 Comentários