Últimas

6/recent/ticker-posts

Como a Lu, do Magalu, se tornou a maior influenciadora virtual do mundo


Com 31,2 milhões de seguidores nas redes sociais, a influencer ultrapassa nomes como Barbie, Nobody Sausage, Miquela, Minnie Mouse e FN Meka

A Lu, do Magalu, vem quebrando barreiras no mundo digital e já é considerada a personalidade virtual mais notória do mundo. De acordo com o Virtual Humans.org, portal americano especializado no tema, a Lu é a influenciadora virtual mais seguida do mundo, com 31,2 milhões de seguidores em suas redes sociais.

O ranking, recém-divulgado, classifica a influencer à frente da boneca e youtuber Barbie e do personagem Nobody Sausage, criado pelo brasileiro Kael Cabral. Segundo estudo realizado pelo site, a influencer virtual do Magalu é também a personalidade com maior potencial de gerar receita de publicidade em posts do Instagram em 2022.

“Mesmo com o obstáculo do idioma, a Lu foi o primeiro case global de manifestação de influência virtual dentro de uma marca”, diz Pedro Alvim, gerente sênior de redes sociais do Magalu, que lidera o time responsável pela personagem.

Criada em 2003 como uma voz para o site de e-commerce do Magazine Luiza, a Lu foi ganhando espaço, confiança e construindo relacionamento com as pessoas. De vendedora digital, que auxiliava as pessoas no processo de compra por meio de conteúdos, ela passou a celebridade virtual, que conversa, dança, interage e se posiciona diante de temas importantes, como causas pró-mulheres, antirracista e de inclusão social. Segundo o GlobeTrender.com, Lu é definida como modelo e ativista.

“Ela é a porta-voz do Magalu, e usa sua visibilidade nas redes sociais para divulgar não só o ecossistema da marca, mas também liderar conversas relevantes para a sociedade, como o combate à violência contra a mulher”, diz Alvim.

Uma pesquisa feita pela "Hype Auditor", plataforma de marketing de influenciadores, constatou que a taxa de engajamento de influenciadores virtuais é, em média, três vezes maior que a de influenciadores de carne e osso. Com popularidade em alta, a Lu do Magalu participou, em 2021, de um clipe no metaverso ao lado do DJ Alok. O avatar da Lu surge em participação especial no clipe da música My Head (Can’t Get You Out), que obteve mais de 2,7 milhões de visualizações, usando um vestido e smartphone disponíveis para venda no aplicativo da companhia.

Outra parceria musical da Lu foi com a cantora Anitta. Juntas, estrelaram o vídeo clipe com a música criada para a campanha “Rio, o Magalu chegou geral”, desenvolvida pela agência Ogilvy Brasil. Ela também foi a primeira personalidade brasileira não-atleta e sem vínculos de patrocínio com a Red Bull a virar cartoon da marca. “A Lu deixou de ser uma linha de despesa e passou a gerar receita para a companhia, por meio de parcerias com marcas”, diz o gerente sênior de redes sociais da companhia.

Segundo Alvim, por trás do sucesso mundial da Lu, está uma estratégia focada na criação de narrativas que constroem empatia e conexão com as pessoas, com geração de conteúdos úteis, participação em conversas em tempo real e curadoria de produtos e ofertas. “A Lu é um case pioneiro e brasileiro, que vem inspirando a estratégia de marcas e até mesmo de celebridades na criação de avatares 3D em diversos países”, diz o executivo. “Temos muito orgulho de ver o Brasil liderando esse movimento de transformação no mercado.” Além de forte atuação no Instagram, plataforma onde conta com 5,9 milhões de seguidores, a Lu produz conteúdos no TikTok, Facebook, YouTube, Kwai e Twitter.

Enviar um comentário

0 Comentários