Últimas

6/recent/ticker-posts

Alaíde Costa, Carlos Navas e Trovadores Urbanos apresentam o espetáculo Num Tempo da Delicadeza...

Foto - Agnaldo Papa 

Única apresentação acontece dia 23 de junho no Sesc Carmo

Uma roda de pérolas da canção que reverencia a suavidade e a memória musical brasileira por meio do encontro de Alaíde Costa, Trovadores Urbanos e Carlos Navas. Precisamos de delicadeza e empatia. Imantar essa egrégora é tão urgente quanto necessário. Somos resultado daquilo e daqueles que vieram antes.

Este é um projeto que convida o público a dialogar, olhando pra dentro de si mesmo, percebendo serenidade e acolhimento. Num semi circulo, artistas que compartilham deste ponto de vista acompanham a plateia neste mergulho. Centrado na figura da grande dama da canção brasileira, Alaide Costa, o projeto inclui o quarteto Trovadores Urbanos e o intérprete Carlos Navas (que o concebeu) num repertório pinçado emocionalmente que inclui obras primas em solos e encontros vocais.

Alaíde interpreta Absinto (Fátima Guedes), Primavera (Carlos Lyra e Vinicius de Moraes) e Voz de Mulher (Sueli Costa e Abel Silva). Carlos Navas traz Sem Destino (Luiz Tatit, registrada no álbum Crimes de Amor (2015/17), e passeia com personalidade pela memória musical reverenciando Mario Reis em Jura (Sinhô).

Os Trovadores Urbanos mesclam seus timbres em O Cantador (Dori Caymmi e Nelson Motta) e Canário do Reino (Carvalho e Zapatta). Canta (Juca Novaes e Eduardo Santhana) e Samba em Prelúdio (Baden Powell e Vinicius de Moraes) são alguns dos encontros coletivos vocais prometidos. O suporte instrumental conta um trio acústico: Giba Estebez (piano), Paulo Miranda (violão) e Felipe Kasteckas (percussão).

Sobre os artistas

Alaíde Costa

Iniciou sua carreira em programas de calouros como os de Ary Barroso e Paulo Gracindo. Tornou-se crooner do “Dancing Avenida”, onde foi convidada por um técnico de som da gravadora Odeon para um teste, no qual foi imediatamente aprovada e contratada. Gravando seu segundo 78 rotações foi ouvida pelo então iniciante João Gilberto, que viu nela o timbre cool e a dicção adequada a um movimento musical que estava surgindo: a bossa-nova. Precursora, Alaíde lançou pioneiramente canções que se tornaram clássicos, como “Lobo Bobo” e “Chora tua tristeza”. Sua consagração definitiva aconteceu em 1964, no show “O Fino da Bossa”, ao interpretar, em primeiríssima audição, “Onde está você”, de Oscar Castro Neves e Luvercy Fiorini. Ovacionada, teve de bisar o número por três vezes. A êxitos como este, soma-se o antológico dueto com Milton Nascimento em “Me deixa em Paz”, faixa que puxou a vendagem do disco “Clube da Esquina”. A artista segue em atividade, lançando vários álbuns , sempre com grande reconhecimento da crítica e do público.

Carlos Navas

O intérprete paulistano tem dez discos solo elogiados. Em seu repertório, reúne autores contemporâneos expressivos como Alzira Espíndola, Itamar Assumpção, José Miguel Wisnik, Marina Lima e Vitor Ramil. Em vinte e três anos de carreira, lançou álbuns temáticos dedicados a Mario Reis e Custódio Mesquita e também dois CDs infantis: “Algumas Canções da Arca... “(2004) e ”Canções de Faz de Conta” (2007), onde interpreta, respectivamente, Vinicius de Moraes e Chico Buarque para crianças. Em 2013, chegou ao mercado o DVD Ensaio, que registra sua passagem pelo programa homônimo, dirigido por Fernando Faro. O acústico “Crimes de Amor” (2015-2017) é seu décimo álbum e mereceu elogios unânimes da crítica. Em 2016, regrava em voz e piano “O Chamado”, hit de Marina Lima (em parceria com Giovanni Bizzotto), que se torna seu primeiro single exclusivamente digital. É convidado pelo músico Guga Stroeter no ano seguinte para ser a voz do espetáculo em Tributo aos 30 anos do quinteto de Jazz Nouvelle Cuisine.

Trovadores Urbanos

Em 1990, quatro amigos cantores - Maída Novaes, Eduardo Santhana, Juca Novaes e Valeria Caram - iniciaram juntos uma caminhada musical de muito sucesso: eles formaram o quarteto vocal “Trovadores Urbanos”. De lá para cá, muitas lindas histórias aconteceram, com shows por todo o Brasil e quatro turnês internacionais. O grupo representou a cidade de São Paulo na Expo-Lisboa e na Expo-Zaragoza, fez shows pela França, participou do Festival de Música Guimarães (Portugal) e uma Feira Internacional nos Emirados Árabes. Já dividiram o palco com artistas dos mais variados estilos da MPB como Jair Rodrigues, Inezita Barroso, Paulo Vanzolini, Alaíde Costa, Cauby Peixoto, Demônios da Garoa, Família Caymmi, Walter Franco, Germano Mathias, Bob Nelson, Toquinho, Guilherme Arantes, Célia, entre outros. O seresteiro Silvio Caldas teve participação especial e muito importante na carreira do grupo que, juntos, fizeram temporadas de shows pelo Brasil, além de sua participação no CD Serenata dos Trovadores Urbanos. O “Caboclinho Querido”, como era chamado, recebeu uma homenagem muito especial do grupo, que mantém em sua sede a sala “Silvio Caldas” com fotos de momentos importantes dessa parceria. Sempre estiveram em evidência na mídia nacional e participaram das novelas “Vila Madalena”, “O Cravo e a Rosa” e em duas faixas do CD da minissérie “Um Só Coração”, também da TV Globo. Participaram também da coletânea “Acerto de Contas” do compositor Paulo Vanzolini.

Serviço
Num Tempo da Delicadeza...
Com Alaide Costa, Carlos Navas e Trovadores Urbanos
Data - 23 de junho - quinta-feira
Horário - 19h
Local - Sesc Carmo - Restaurante 1
Endereço - Rua do Carmo, 147 - Centro - São Paulo
Capacidade - 120 Lugares
Ingresso - R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia) e R$ 9,00 (credencial plena)
Classificação - 16 anos
Mais informações 11 3111-7000

Enviar um comentário

0 Comentários