Últimas

6/recent/ticker-posts

Canção do filme Crepúsculo ganha versão sinfônica

Aline Happ. Foto - Divulgação

Música e vídeo contam com participação de Rod Wolf, guitarrista do Lyria

Já se passaram quase 15 anos do lançamento do álbum Minutes to Midnight, do Linkin Park. Foi deste disco que saiu o single Leave Out All The Rest, canção que fez parte da trilha sonora do filme Crepúsculo e que hoje ganha versão que une influências do sinfônico, da música folk e das cantigas celtas. Cantada por Aline Happ, o cover também traz a participação do guitarrista Rod Wolf, conhecido por seu trabalho no Lyria, juntamente com Aline.

A canção, de acordo com Chester Bennington (1976-2017), cantor e compositor do Linkin Park, é como se fosse uma carta de desculpas que, ainda que a pessoa siga em frente, ela deseja que lembrem somente das coisas boas que aconteceram, não das ruins. É também uma canção sobre humildade.

Além de ser vocalista, Happ também produz as músicas, o instrumental, grava e edita os vídeos. Os conteúdos publicados no canal de Aline Happ (clique aqui) contam com o apoio de fãs no Patreon e no Padrim. Líder, vocalista e compositora do Lyria, Aline Happ é hoje uma das vozes mais famosas do Metal brasileiro. Em seu projeto solo, a artista promove releituras Gothic/Folk/Celtic de canções do Rock e do Metal mundial que estão disponíveis em seu canal no YouTube. Graças ao apoio dos fãs, a cantora arrecadou mais de 200% da meta do financiamento coletivo para o seu disco solo de estreia, que será lançado este ano.

Além do trabalho solo, Aline é fundadora, vocalista e uma das principais compositoras do Lyria. Conhecidos mundialmente, a banda de Metal Alternativo Sinfônico foi fundada em 2012. De lá pra cá, o grupo lançou dois discos com apoio de crowdfunding, Catharsis (2014) e Immersion (2018) e tocou em diversas cidades, além de ser pioneira no Brasil na transmissão de shows online com venda de ingressos para o mundo todo.

Confira abaixo ao vídeo de Leave Out All The Rest, com Aline Happ:

Enviar um comentário

0 Comentários