Últimas

6/recent/ticker-posts

Banda UmQuarto lança o single Por um Fio

A capa do single é inspirada na HQ Black Hammer. Ilustração de Julio Victor (Laser Demon)

Originalmente com mais de nove minutos de duração, canção foi dividida em duas partes

A gravação ao vivo revela muitos aspectos de um som. O emocional da banda, as técnicas utilizadas, a sincronia entre voz, guitarra, baixo e bateria. Inspirados nessa mistura de caos e música, o UmQuarto lança o single Por um Fio, originalmente com mais de nove de duração, mas que, para fins práticos, foi dividida em duas partes: lado A e lado B. A canção representa uma nova fase da banda de Florianópolis, que já se prepara para um novo disco, explorando elementos do progressivo e do experimental.

“Gostamos de canções que tenham sessões, como se músicas diferentes formassem uma só. A canção tem três partes distintas, mas que geram sensação de uma só. O desafio foi similar a Humans, gravando tudo ao mesmo tempo, com todos os músicos na mesma sessão. O single Por um Fio indica o caminho psicodélico e progressivo que o UmQuarto mostrará no segundo álbum, que será lançado ainda neste semestre.”, explica Mayer, vocalista e baixista da banda.

Foto - Manu d’Eça

A letra de Por um Fio fala sobre autoconhecimento e a busca pelo novo, pelo diferente, e a capa, criada por Julio Victor, busca evocar essa ideia. A ilustração retrata a possibilidade do novo e de um tipo de redenção por meio do encontro, num mundo de individualismos alienantes. A capa é inspirada na HQ Black Hammer.

O UmQuarto faz um rock moderno com liberdade. A cada canção misturas rítmicas diferenciadas aparecem, tornando explícita a vontade de criar. O UmQuarto traz em sua discografia o álbum de estreia Apenas (2021) e o single Humans (2022).

Foto - Manu d’Eça

Gravado no Estúdio Ouié, em Florianópolis (SC), a faixa traz os músicos Mayer Soares (voz, baixo, sintetizadores), Thiago Mordentte (guitarra) e Henrique Recidive (bateria). A produção é de Felippe Pompeo, com arranjos de Arthur Rodrigues. A mixagem ficou por conta de Lucas de Sá, com masterização de Alexei Leão (Xei). As fotos de divulgação são da Manu d’Eça, com ilustração e cor da capa por Julio Victor, mais conhecido como Laser Demon  (clique aqui e ouça).

Enviar um comentário

0 Comentários